Retorno ao Lar

A ti eu sigo desde muitos tempos…Nunca imaginei que desta vez nos demoraríamos tanto. Nós que viemos das estrelas, acostumados a liberdade com as asas sempre abertas e vôos infinitos.

Hoje aqui neste mundo tão cheio de limitações, arraigados e aferrados a heranças impostas por um caminho que não é o nosso. Limitações, véus que nos cegam, distraem, e escondem nossa verdadeira origem,

Quando retornaremos meu amor? Dê-me um sinal, pois sei que a viajem está próxima. Minhas asas já estão sentindo que se aproxima o dia do Grande vôo de Retorno…

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *